Características Gerais

Padrão FCI n. 100
Grupo n. 6, Sabujos e Rastreadores
Tamanho médio; 30 a 38 cm
Peso padrão não comenta
Pelagem curta
Agressividade baixa
Aptidão caça e companhia
Atividade
Espontânea
média
Área para criação pequena
País de Origem Alemanha

 

Clique para ver

 
Westfalische Dachsbracke

Assim como os franceses, que desenvolveram seus bassets para uma caça mais lenta e mais próxima ao chão, também os alemães criaram a versão de pernas mais curtas dos seus "bracke" (sabujos), os chamados "dachsbracke".
O Westfália Dachsbracke foi desenvolvido à muitos séculos nas regiões de Sauerland e Westfália, no oeste da Alemanha.
Autoridades de hoje acreditam que em sua formação estão incluídos os dachshunds (bassets) da época, assim como alguns exemplares de grandes sabujos com mutações genéticas que os deixavam com as pernas mais curtas.
Embora gravuras da Idade Média já mostrassem esse pequeno cão, ele só foi oficialmente descrito e nomeado em 1886. A raça, adotada e protegida pelo "Bracken Clube Alemão", foi reconhecida pelo Kenel Clube da Alemanha em 1935.

O Basset da Westfália costuma caçar lebres, raposas, javalis e coelhos nas altas montanhas centrais da Alemanha, onde a caça é impossível sem a ajuda de cães.
Ele é especialista em procurar e perseguir a presa, geralmente em círculos, mas é utilizado também no rastreamento de pistas de sangue.
Devido ao seu pequeno porte, a presa não tem medo dele, o que permite que se aproxime bem do animal antes dele tentar fugir.
Sua voz, que ele emite quando tem a certeza de ter encontrado sua presa, é um dos mais desejáveis atributos da raça, tanto que cães que caçam silenciosamente são esterilizados.
O Basset Alemão da Westfália é um grande companheiro, obediente, que adora agradar, e de fácil aprendizado.

A pelagem é curta, lisa, dura e densa.

A cor é tricolor de dourado, preto (sobre o dorso) e branco em marcações na fronte e focinho, peito, pés e ponta da cauda, como de seu primo Sabujo Alemão (Deutche Bracke) ou ainda vermelho com as marcações em branco, como descritas no tricolor.

Na aparência geral o Basset Alemão da Westfália é um cão de pequeno porte, uma versão de pernas curtas do Sabujo Alemão, robusto, de ossatura pesada, bem estruturado, com cabeça alongada, focinho levemente acarneirado, orelhas longas e pendentes e cauda bem longa, quase atingindo o chão.

 


Voltar

 


Clique aqui.


Para retornar na sua pesquisa, clique no botão do seu Browser!