Características Gerais

Padrão FCI n. 31
Grupo n. 6, Sabujos e Rastreadores
Tamanho médio; 50 a 60 cm
Peso 18 a 22 Kg
Pelagem curta
Agressividade baixa
Aptidão caça (farejador)
Atividade
Espontânea
muito alta
Área para criação grande
País de Origem França

 

Clique para ver

 
Petit Bleu de Gascogne

O Petit ou Pequeno Azul da Gasconha não é nada a mais do que uma minimização do Grande Azul, para ser adequado à caça de presas menores.
Exceto pelo tamanho, o Pequeno Azul (que é pequeno só no nome) é basicamente julgado segundo os mesmos padrões do Grande, tendendo ser um pouco mais compacto de corpo.
A raça é muito antiga, descendente de cães farejadores trazidos pelos comerciantes fenícios e se originou na província da Gasconha, na costa sudeste da França, próxima às montanhas dos Pirineus e à divisa da Espanha.

O Pequeno Azul (60 cm na cernelha), por ser menor que o Grande Azul (72 cm na cernelha) não é somente mais rápido, mais também come menos e é mais fácil de ser mantido e transportado. Eles são especialistas em encontrar e rastrear lebres e na França costuma-se dizer que "caçar com um Petit Bleu, significa nunca voltar para casa com a sacola vazia".
Esses grandes farejadores são habilidosos, determinados, muito afetivos com outros cães e com crianças. Apesar de alguns conseguirem se adaptar como cães de companhia, eles são bem mais felizes no campo.

A pelagem é curta, grossa e reta.

A cor é geralmente tricolor, com o corpo predominantemente branco que com o salpicado de preto, dá o tom azul característico da raça. O dourado está quase sempre misturado à máscara preta da cabeça e nas pintas acima dos olhos (quatro olhos).

Na aparência geral o Pequeno Azul da Gasconha é um cão de porte médio, com ar aristocrático, de membros fortes e cabeça alongada, refinada, quase sem stop, com orelhas muito longas de inserção baixa e com dobras. A cauda se alonga até a altura dos jarretes e é levemente curvada.

 


Voltar

 


Clique aqui.


Para retornar na sua pesquisa, clique no botão do seu Browser!