Características Gerais

Padrão FCI n. 184
Grupo n. 2, Pinscher, Schnauzer, Molossos e Boiadeiros Suiços
Tamanho médio - 41 a 48 cm
Peso 11 a 16 Kg
Pelagem curta
Agressividade alta
Aptidão guarda e companhia
Atividade
Espontânea
alta
Área para criação pequena
País de Origem Alemanha

 

Clique para ver

 
Pinscher

O Pinscher Alemão, como também é conhecido, é tão antigo quanto os terriers ingleses. Pinscher significa "mordedor" em alemão, mas não se referindo ao temperamento desse cão mas sim às suas habilidades contra seus adversários.
O Pinscher é o antecessor do Pinscher Miniatura e do Schnauzer e teve um papel importante na formação do Dobermann. Em 1879 a raça foi oficialmente reconhecida na Alemanha e vem sendo promovida e protegida desde 1894 pelo Clube do Pinscher Alemão e do Schnauzer. Até os primeiros anos do século XIX podia-se ver numa mesma ninhada tanto Pinschers de pêlo liso como Schnauzers de pêlo duro.
A partir dessa época o Clube implementou uma política que determinava a necessidade da prova de três gerações de puros cães de pêlo liso para que se obtivesse registro como Pinscher. Com isso o tipo logo foi firmado e o Pinscher passou a ser uma raça distinta, separada do Schnauzer.
O Pinscher vem sendo usado como um cão de companhia, pastor, guarda e como destruidor de predadores como ratos.
Esse cão é muito inteligente e pode usar essa inteligência tanto para agradar seu dono como para deixá-lo furioso. Eles são passionais, determinados e necessitam de pulso firme principalmente enquanto pequenos, quando podem ser muito possessivos.
O Pinscher protege instintivamente e diz-se que "morde primeiro e pensa depois", mas é extremamente leal e territorial, necessitando também de muito exercício físico para ser plenamente feliz.

A pelagem é curta, forte, brilhante e requer poucos cuidados.

A cor é o castanho em diferentes tonalidades ou preto com marcações em castanho ou dourado.

Na aparência geral o Pinscher é um cão de porte médio, elegante, de cabeça alongada, orelhas expressivas que podem ser cortadas ficando eretas ou dobradas para a frente quando normais.

Esse cão, hoje bem raro, é robusto e de musculatura bem definida, com a cauda amputada bem curta.

 


Voltar

 


Clique aqui.


Para retornar na sua pesquisa, clique no botão do seu Browser!