Características Gerais

Padrão FCI n. 99
Grupo n. 7, Cães de Aponte
Tamanho 60 a 68 cm
Peso padrão não comenta
Pelagem curta e lisa ou medianamente longa e lisa
Agressividade baixa
Aptidão caça
Atividade
Espontânea
alta
Área para criação grande
País de Origem Alemanha

 

Clique para ver

 
Weimaraner Vorstehhund

O Weimaraner é uma raça relativamente nova, tendo surgido no começo do século XIX.
O cão que conhecemos hoje é um produto de criteriosos cruzamentos com uma boa dose de consangüinidade para fixar o tipo e qualidade. Entre os seus muito prováveis antecessores está o Bloodhound, talvez não em uma linha direta de descendência, mas certamente em uma linha colateral.
No princípio o Weimaraner era conhecido simplesmente como Weimer Pointer. Ao longo do desenvolvimento o peso e altura aumentaram, mas a cor da pelagem descrita como prata grisalho ou cinza-rato, é quase a mesma.
A responsabilidade pelo desenvolvimento do Weimaraner se deve aos nobres esportistas da corte de Weimar.
Acostumados a várias modalidades de caça, esses homens decidiram reunir em uma só raça todas as qualidades desejadas em um cão de caça germânico. Em resumo, o animal deveria ter grande habilidade no faro, velocidade, coragem e inteligência.
No princípio o Weimaraner era usado na caça de animais de grande porte como lobos, ursos, felinos, cervos, etc.
Depois que as grandes caças se tornaram raras ou protegidas a raça foi mantida por um clube fundado por homens que redigiram as especificações do padrão. Ninguém podia adquirir um exemplar sem primeiro se associar ao clube.
Além disso, cruzamentos considerados inadequados não tinham lugar no stud-book e ninhadas de físico e temperamento inadequado (mesmo de cruzamentos considerados bons) eram eliminadas.

O Weimaraner é um cão que não se adapta ao confinamento e se torna infeliz quando preso em canis. Durante sua história ele sempre foi criado para ser um membro da família e aceita as responsabilidades a ele impostas.

Existem duas variedades. O Pêlo Curto tem pelagem curta, assente, lisa e lustrosa. No Pêlo Longo (mais raro no Brasil) ela é longa, macia, lisa e lustrosa.

A cor nas duas variedades varia do cinza rato ao cinza prata, com tonalidade mais claras nas orelhas e cabeça. Pequena mancha branca no peito é permitida.

Na aparência geral ele é um cão de porte médio a grande, com traços aristocráticos, mostrando graça, vigor, equilíbrio, velocidade e principalmente habilidade e resistência para o trabalho em campo.

 


Voltar

 


Clique aqui.


Para retornar na sua pesquisa, clique no botão do seu Browser!