OLÁ PESSOAL
Hoje, vamos ajudá-los a compreender um pouquinho mais sobre como os cães se comunicam entre eles e conosco.
Os cães possuem uma linguagem universal e se entendem independente de sua raça, tamanho, ou cirurgias estéticas que os homens lhes façam, tais como o corte de orelhas e cauda.
Mas, os cães presumem que nós também entendemos seu sistema de comunicação, o que nem sempre é verdade! Quando um cão tenta se comunicar conosco e interpretamos mal a sua mensagem, podem ocorrer problemas... Por exemplo, se um cão assume uma postura submissa em resposta à um olhar de desaprovação de seu dono, que pouco entende de posturas de comunicação caninas, este poderá ser punido, pois o dono pensará
que o cão "sabe que fez coisa errada".
Se isto ocorrer freqüentemente, o cão poderá tornar-se excessivamente submisso, chegando a urinar quando assustado, recebendo, assim, mais punições, pois o dono pensará que "este cão nunca aprende a fazer xixi no lugar certo".
Ou ainda, o filhotinho que rosna quando alguém se aproxima de seu prato de comida e o dono ao invés de repreendê-lo dá risada e diz "como ele é valente!!" fato que não terá nenhuma graça quando o filhotinho crescer e o pequeno rosnado transformar-se em uma forte mordida.
Portanto, é extremamente importante que se conheçam as diversas posturas caninas, que expressam seus humores e sentimentos.

POSTURA RELAXADA
Nesta postura neutra, o corpo fica relaxado com o cauda caindo naturalmente. As orelhas ficam em posição natural, sem apontar para a frente. A boca pode estar aberta ou fechada e os cantos da boca não estão puxados nem para trás nem para a frente.
Esta é a postura que freqüentemente vemos quando o cão está numa situação confortável, como por exemplo, em casa.

POSTURA ALERTA
Esta é a postura do cão que está atento. Manterá a cabeça alta, apontando a base das orelhas para a frente e dirigindo seu olhar para o objeto que chamou sua atenção.
Normalmente, sua boca estará fechada.Ficará em pé, como se estivesse na ponta das patas e com a cauda normalmente na altura do dorso. Poderá ocorrer uma leve ereção
dos pêlos ao longo do dorso.
Esta postura indica interesse. O que acontecerá depois dependerá do que despertou o interesse do cão e de como ele irá reagir. Ele poderá descobrir que não há nenhum motivo para se preocupar e continuará o que estava fazendo anteriormente, poderá descobrir que é o "papai" chegando do serviço e mudar seu comportamento para a Postura de Saudação., ou descobrir algum outro evento de seu interesse A Postura Alerta sempre é um prelúdio
para outro comportamento.

POSTURA DE AMEAÇA OFENSIVA
Quando um cão exibe esta postura, ele é perigoso, agressivo e está pronto para atacar. Atacará frente à menor provocação. Nesta postura todo o corpo do cão é levado para cima e para a frente. Ele se mantém bem na ponta dos dedos, parecendo mais alto. Os pêlos da base da cauda até as orelhas se eriçam, aumentando seu tamanho corporal Sua cauda é mantida o mais alto possível. As orelhas estão voltadas para frente.
O focinho fica franzido, expondo os dentes pelos cantos da boca, puxados para frente. Normalmente a postura é acompanhada de um rosnado baixo, que deve ser levado à sério!!!

POSTURA DE AMEAÇA DEFENSIVA
O cão que exibe esta postura também é perigoso, mas atacará somente em último caso. Nesta postura o cão está se auto protegendo e somente atacará se for encurralado. Caso contrário, escolherá fugir. Ele está assustado e poderá ser
provocado ao ponto de morder.
Seu corpo ficará rebaixado e levado para trás, a cauda baixa, normalmente por entre as pernas e, mesmo com os pêlos eriçados, a estatura do cão parecerá menor.
Existem semelhanças na expressão facial de cães que apresentam ameaça ofensiva e defensiva. Ambos expõe os dentes enrugando o focinho, mas na defensiva os cantos da boca são puxados para trás. O cão poderá rosnar e
as pupilas estarão dilatadas.

Bem pessoal, até a semana que vem com a 2ª parte deste artigo!

Um abração,


 
Onde educação se faz com diversão!
 
 
 
 
Helena A. Hestermann info@happydogs.com.br