Olá pessoal!
Hoje, vamos falar um pouco sobre uma outra modalidade
esportiva que todos podem praticar com seus cães,
o FLYBALL.

O QUE É FLYBALL?

É uma espécie de corrida. Dois times, de quatro cães cada um, competem em duas pistas separadas.
Cada pista possui quatro saltos, distantes 3 metros um do outro
e uma caixa de flyball, distante 4,5 do último salto. Esta caixa é especialmente projetada para que o cão empurre um pedal, localizado na frente da caixa, e acione um mecanismo de
disparo que libera uma bola.

Ao lado, está um esquema de como são montadas as pistas ->


O QUE O CÃO DEVE FAZER?

- Cada condutor segura um cão, e ao ser dado o aviso de largada, libera-o e incentiva seu amigão a correr o máximo possível até a caixa. Mas o condutor não poderá pisar na linha de largada. Deve permanecer atrás, incentivando-o á distância.
- O cão pula os quatro saltos e se dirige á caixa de Flyball

- Pressiona o pedal com a pata.

- Abocanha a bola.

- E a traz de volta, através dos 4 saltos, ao seu condutor.
- Assim que seu focinho ultrapassar a linha de chegada, o focinho do segundo cão também deverá estar passando pela linha de largada para repetir o mesmo procedimento. A primeira equipe cujos 4 cães terminarem no menor tempo, sem faltas, vencerá o primeiro "set". Uma corrida poderá ter 3 ou 5 sets.

O QUE SÃO CONSIDERADAS FALTAS?

Quando um cão atravessa a linha de largada antes do anterior passar pela linha de chegada
Quando o cão não salta um dos obstáculos
Quando o cão solta a bola antes de atravessar a linha de chegada

O Flyball teve início na Califórnia, em 1972. Naquela época, o mais importante era a habilidade do cão em pegar a bola., pois as caixas eram projetadas de forma que a bola fosse lançada para o alto. E é daí que vem o nome FLYBALL (bola que voa).
Atualmente, as corridas de flyball são muito diferentes das daquela época. As caixas foram redesenhadas, levando-se em consideração a segurança dos cães e a bola fica embutida em um mecanismo dentro da caixa. Ao ser liberada, ela é projetada para a frente, já na direção da boca do cão e normalmente, o espectador mal consegue ver a bola. Desta forma, evitam-se muitos acidentes, pois o cão não precisa saltar para abocanhar a bola e não há o perigo de cair de mau jeito em cima da caixa. Hoje, a ênfase das corridas de Flyball é a
V E L O C I D A D E.
Mas, para serem justos, os torneios possuem divisões compostas por times com tempos semelhantes, ou seja, as equipes que competem entre si devem ter o mesmo nível. Existem times onde os 4 cães completam um set em menos de 16 segundos e outras em mais de 32 segundos.

Todos os cães podem competir, independente de terem ou não raça definida. Nem é necessário que tenham obediência anterior. É um excelente exercício e, se você possui um cão bem ativo, é uma ótima maneira de fazê-lo gastar energia e oferecer um grande estímulo mental.
Gostaram? Então, vamos lá!!!! Peguem seu cão, procurem uma escola onde o esporte seja praticado e BOM DIVERTIMENTO!!!!!!!!

 
EDUCAÇÃO COM DIVERSÃO!!!!
 
 
 
 
Helena A. Hestermann info@happydogs.com.br